Benguela - Marcos Tchivinda, técnico-adjunto do Kabuscorp do Palanca, considerou domingo o empate 1-1 frente ao 1º de Maio de Benguela como justo, visto que a sua equipa não tinha feito o melhor durante o tempo regulamentar.

Falando à imprensa, após a partida da 13ª jornada do Girabola2018, o adjunto do técnico Sérgio Traguil admitiu que o Kabuscorp entrou a respeitar de mais o adversário, mas na segunda parte esteve melhor, já que pressionou mais, criou mais lances de perigo e procurou o golo.

“Três bolas à trave e não conseguimos concretizar na baliza”, disse, escusando-se a falar sobre a arbitragem de Mauro de Oliveira, bastante protestado pela equipa do 1º de Maio.

Marcos Tchivinda também prometeu que a formação palanquina vai continuar a melhorar de jogo em jogo, para que a caminhada seja boa e triunfal durante o campeonato.

 

Brazzaville (Dos enviados especiais) - Os Chefes de Estado dos países da bacia do Congo assumiram neste domingo, em Brazzaville, o compromisso de operacionalização da sua comissão clima sobre o clima e do respectivo ?Fundo azul?.

O Presidente de Angola, João Lourenço, rubricou o acordo depois do Rei Mohammed VI do Marrocos, ao que se seguiram o anfitrião, Dennis Sassou Nguesso, e do Ruanda, Paul Kagame.
 Na cerimónia foi ainda assinado um protocolo de entendimento entre as comissões clima da bacia do Congo, e da região do Sahiel, que se propõe desenvolver programas conjuntos para a promoção do desenvolvimento sustentável, combate a pobreza e para a conservação ambiental.  
Em Brazzaville foi notória a presença dos estadistas do Gabão, Ali Bongo, Guiné Conacri, Alpha Condé, do Níger, Mahamadou Issoufou, Senegal, Macky Sall, República Centro Africana, Faustin Touadera, e de São Tomé e Príncipe, Evaristo Carvalho.
O Presidente Joseph Kabila, da República Democrática do Congo (RDC), líder do país que ocupa cerca de 40 por cento do território da Bacia do Congo, faz representar-se no encontro de estadistas por um membro do seu governo.
Nos corredores houve quem ligasse a ausência de Kabila à presença do vizinho do Ruanda e presidente em exercício da União Africana, Paul Kagame, devido a um relacionamento menos bom entre si.
A criação do Fundo Azul é justiçada pela necessidade de redefinir uma economia que respeite o ambiente e inclusiva, associada à exploração sustentável das florestas e das águas das costas marítimas, dos rios e dos seus afluentes da Bacia do Congo, que tem uma extensão de 220 milhões de hectares de floresta e tido como o segundo pulmão ecológico do planeta, depois da Amazónia.
A Comissão Clima da Bacia do Congo é um organismo criado em Novembro de 2016, na cidade marroquina de Marraquexe, com o propósito de promover programas e projectos nos domínios da economia azul, ajudando a combater a pobreza entre as populações ribeirinhas e a atenuar os efeitos das mudanças climáticas, numa lógica de desenvolvimento sustentável.
A economia azul se baseia no aproveitamento dos recursos naturais, sem prejuízos aos ecossistemas, sem impactos nefastos as alterações climáticas.
As nações africanas procuram com tais acções implementar o acordo universal para luta contra as mudanças climáticas e o aquecimento global alcançado por 196 países presentes na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP21), na capital da França, Paris, em 12 de Dezembro de 2015.
No pacto de Paris a comunidade internacional se comprometeu a limitar o aumento da temperatura ao tecto máximo de 2ºC em relação aos níveis da era pré-industrial e a "continuar os esforços para limitar o aumento da temperatura a 1,5ºC".
O objectivo, segundo a declaração da COP21, implica a redução das emissões dos gases causadores do efeito estufa, com medidas como a poupança de energia, maiores investimentos em energias renováveis e reflorestamento.

Luanda (Dos enviados especiais) - A antiga ministra angolana do Ambiente, Fátima Jardim, foi designada neste domingo, em Brazzaville (Congo), "embaixadora da vontade" da comissão clima da bacia do Congo.

A decisão foi tomada na primeira cimeira de Chefes de Estado da comissão ambiente para a bacia do Congo, que tem uma extensão de 220 milhões de hectares de floresta e tido como o segundo maior pulmão ecológico do planeta, depois da Amazónia.

Segundo o ministro angolano da Relações Exteriores, Manuel Augusto, além da ex-ministra angolana, a cimeira de Chefes de Estado indicou também a princesa Lassa do Reino e membro da Fundação Mohamed VI do  Marrocos e o músico da democrático-congolês Lokua Kanza para “embaixadores de boa vontade”.

 


Os embaixadores designadores terão a responsabilidade da angariar de fundos para a operacionalização da comissão ambiente da bacia do Congo e do “fundo azul”.

 

 O ministro acredita que a bacia do Congo poderá atrair muitos investidores.

 

 Manuel Augusto referiu que a comissão está ainda aberta a categoria de membros associados, entre os países africanos que se identifiquem com os objectivos da bacia.

 

Manuel Augusto disse que estão igualmente previstos protocolos com o lago Tchad e a bacia do Benin, que  poderão estar interligadas.

 

O ministro angolano das Relações Exteriores disse existir um projecto que consiste em desviar o curso do rio Congo, ou Zaire, para levar água ao lago Tchad, que está a evaporar-se levando a que aquela região seja declarada árida.

 

Explica que se prevê realizar um estudo técnico da bacia do Congo, atravessado pelo rio Kuanza, um dos maiores cursos de água, e segundo maior depois do Amazanas.

Admite a possibilidade de se associar os estudos técnicos a investidores, a mecenas ou a doadores.
Considera um dia histórico pelo facto de a África procurar por sis mesmo soluções para os seus problemas, mesmo que tenha depois de contar com parceiros internacionais, num mundo cada vez mais global.

 

Luanda - O técnico do 1º Agosto, Zoram Maki valorizou domingo, em Luanda, a ascensão do quarto para o segundo lugar da tabela classificativa do Girabola/2018 ao somar 21 pontos, fruto da vitória que obteve diante do Interclube 1-0, em jogo da 13ª jornada disputado no 22 de Junho.

De acordo com o técnico, que falava em conferência de imprensa, mesmo diante de um adversário veloz no ataque e com muito rigor táctico o grupo conseguiu impor-se e conquistar os três pontos, que coloca o 1º de Agosto na segundo posição e fica a dois pontos dos polícias que lideram a prova com 23.

Referiu ainda que o desempenho dos atletas é motivado pelo facto de em quatro partidas terem sofrido apenas um golo.

 

Luanda - O treinador do Interclube, Paulo Torres, afirmou domingo, que a sua equipa várias vezes visar a baliza do adversário, mas acabou derrotado (0-1), em jogo da 13ª jornada do Girabola/2018.

De acordo com o técnico, que falava em conferência de imprensa, a partida esteve muito renhida, pós tanto que os atletas insistiam no ataque, mas não conseguiram evitar o desaire.

Sublinhou ainda que mantém a liderança e continuarão a empenhar-se para manter a primeira posição.

O Interclube é primeiro classificado com 23 pontos contra 21 do 1º de Agosto, que ocupa a segunda posição.

 

Luanda - Espectáculos de dança, exibição de um vídeo sobre a história da dança e um Workshop foram as principais actividades que marcaram as comemorações do Dia Internacional da Dança, no município do Cazenga, em Luanda.

O evento orientado pela coreógrafa e directora artística da Companhia de Dança Contemporânea de Angola (CDCA), Ana Clara Guerra Marques, e Aliança Francesa contou ainda com a participação do bailarino e coreógrafo francês Yugson Hawks, professor de dança urbana e criador do projecto “Hawks Method”, numa iniciativa da fábrica de sabão, localizada na comuna do Hoji-Ya-Henda, município do Cazenga.

Na ocasião, a coordenadora do Conector Cultural da Fábrica de Sabão, Marisa Cristino, afirmou que o evento  visou entreter sadiamente os munícipes amantes da dança,   bem como proporcionar momentos agradáveis de descontracção.

O centro localizado nas antigas instalações da fábrica de sabão, é projecto que resultou de uma parceria  público-privada entre o  Ministério  da Indústria, a empresa Kijinga e o Fundo Soberano de Angola, com objectivo de criar uma cultura colaborativa onde as ideias e o conhecimento se transformam em oportunidades de negócios sustentáveis.

A estrutura comporta, entre outros espaços, áreas desportivas, parque infantil, espaço de trabalho, escritórios, bar de sumos, áreas de exposições, incubadora de empresas e a rádio sabão.

Compreende ainda inúmeras unidades contentorizadas transformadas em escritórios equipados, salas de reunião, empresas e espaços para empreendedores.

 

Mbanza Kongo - Oitenta e quatro transgressões foram registadas, nos últimos sete dias, na fronteira entre a província angolana do Zaire e a região do Congo Central (RDC), verificando-se um aumento de nove infracções em comparação a semana anterior.

Dos crimes fronteiriços notificados, 74 casos são de imigração ilegal, nove de contrabando de combustível e uma transgressão cambial, indica uma nota do comando provincial do Zaire da Polícia Nacional, chegada à Angop, em Mbanza Kongo.

Em função das infracções foram detidos 448 cidadãos da República Democrática do Congo e dois angolanos, bem como apreendidos oito mil e 905 litros de combustível e um milhão e 620 mil kwanzas.

No domínio da fiscalização e controlo de estrangeiros em situação migratória irregular, foram interpelados e detidos, em diversas localidades da província do Zaire, 102 cidadãos de diversas nacionalidades, mais 25 face a semana anterior.

Situada a Norte de Angola, a província do Zaire partilha 330 quilómetros de fronteira com a região do Congo Central, República Democrática do Congo.

 

Cuito - Os cristãos foram exortados neste domingo, no Cuito, a serem cada vez mais solidários com os mais desfavorecidos, visando cumprir o propósito de Jesus Cristo.

O apelo é do reverendo da Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA), André Cangovi Eurico, que considerou a ajuda ao próximo como o cumprimento dos ensinamentos de Jesus Cristo, sobretudo em pessoas confinados nos lares, hospitais, meninos de rua, mendigos, entre outros.

O líder religioso, que favala no culto de acção de graças que marcou o encerramento da 6ª assembleia-geral da Sociedade de Homens da IECA, sublinhou que jesus Cristo ensina as pessoas a amarem-se uns com os outros, para que se sinta o verdadeiro amor que Ele tem com a humanidade.

Referiu ainda que os cristãos devem ser os primeiros a praticar à solidariedade com os desfavorecidos, para que se cumpra com os ensinamentos de Jesus Cristo.

Por outro lado, o vice-governador para o sector Técnico e Infra-estruturas no Bié, José Fernando Tchatuvela, pediu a Igreja a continuar a ajudar o Governo a encontrar soluções dos problemas sociais que afligem às comunidades nesta parcela do país.

Apelou também os membros da sociedade de homens da IECA a servirem de modelos de conduta para os demais cidadãos e a incentivarem os jovens a primarem pela formação académica e profissional, tendo em conta os desafios do país.

O culto de acção de graças da 6ª assembleia-geral da sociedade de homens da IECA, que juntou pelo menos três mil fiéis, serviviu para apresentar o director-geral eleito nesta sessão,  Arcanjo Estêvão Menezes, em substituição do reverendo Zeferino Epalanga.

Durante a assembleia-geral foram ainda eleitos Armando Munquije Sukete, director-adjunto, Moisés Bango, secretário, Queiroz Malungo Rufino, secretário-adjunto, Henriques Santos e Amândio Horácio no cargo de tesoureiro e vice tesoureiro, respectivamente.

O novo director-geral da sociedade de Homens da IECA, Arcanjo Estêvão Menezes, agradeceu a confiança depositada pelos delegados à 6ª assembleia, assegurando que, no seu mandato de quatro anos, estará empenhado na materialização de acções sociais e expansão do evangelho de Jesus Cristo.

Participaram da 6ª assembleia-geral da sociedade de homens da IECA, 67 delegados provenientes das 18 províncias do país. O evento debateu diversos assuntos, entre religiosos e sociais.

Menongue - O técnico do Kuando Kubango Futebol Clube, Abel da Conceição, afirmou, hoje domingo em Menongue, que as sucessivas falhas protagonizadas pelos seus atletas, ditaram a derrota da sua equipa por 0-1, frente ao Kabuscorp do Palanca.

Em declarações à Imprensa no final da contenda a contar para a 11ª jornada do Girabola 2018, reconheceu que os seus pupilos criaram muitas oportunidades para violar a baliza contrária, mas não conseguiam finalizar em pleno.

O técnico prometeu trabalho árduo para mudar o rumo dos acontecimentos nas próximas contendas.

Na proxima jornada, o Kuando Kubango Futebol Clube desloca-se ao reduto do Sporting de Cabinda, ao passo que o Kabuscorp recebe o Progresso Sambizanga.

 

Caxito - O 1º de Agosto confirmou hoje, domingo, em Caxito, província do Bengo, a sua superioridade ao vencer o Domant FC do Bula Atumba, por 1-3, em jogo da 11ª jornada do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola2018), disputado no Estádio Municipal do Dande.

Os golos da partida, foram marcados por Geraldo aos 18 minutos, Jacques (29) e Ibukun aos 90+3 para o 1º de Agosto, enquanto Zizi aos 78 minutos marcou o tento de honra dos donos da casa.

Com o Estádio Municipal do Dande a registar uma moldura humana considerável, a maior enchentes até aqui neste Girabola nas terras do “Jacaré Bangão”, o 1º de Agosto com jogadores mais experientes, foi a primeira equipa a criar situação de perigo aos 3 minutos por Jacques quando o guarda-redes Alex ao tentar desfazer-se de um lance a bola bateu no corpo do adversário e passou por cima da baliza.

O conjunto militar adiantou-se no marcador por intermédio do Geraldo aos 18 minutos depois de um cruzamento do lado esquerdo efectuado por Fofó, tendo empurrado a bola no fundo das redes da baliza defendida por Alex.

Aos 22 minutos Jacques de cabeça ampliou a vantagem num passe do lado esquerdo de Natael batendo o kipper do Domant FC, resultado de 0-2, que terminou ao intervalo.

No reatamento os donos da casa depois de algumas mexidas no seu xadrez e com uma unidade a mais que o seu adversário, devido da expulsão de Macaia aos 42 minutos do primeiro tempo, criaram situações de perigo na baliza do Neblu.

Foi assim que aos 47 minutos Cabibi depois de evitar dois contrários remata forte para defesa do guarda-redes do 1º de Agosto.

Aos 78 minutos Zizi que entrou para o lugar de Luís reduziu a contagem, num remate de belo efeito sem hipótese do Neblu que viu a bola dentro da baliza.

Quanto os adeptos do Domant FC pensavam que a sua equipa chegaria ao empate, numa jogada rápida Ibukun ao receber um passe de Nelson diante do guarda-redes Alex fixou o resultado em 1-3, favorável ao 1º de Agosto que confirma a sua ascendência para revalidação do campeonato.

 

Pagina 1 de 57